domingo, 1 de março de 2009

XI MOC: UMA IGUARIA CHAMADA SPRINT NOCTURNO


Uma verdadeira iguaria, o Sprint Urbano Nocturno com que a Organização do XI Metting de Orientação do Centro decidiu encerrar o primeiro dia de provas. Ali mesmo, em Alcobaça, terra de Bolo de Abade e Barrigas-de-Freira, à ilharga do secular Mosteiro, classificado pela UNESCO Património Mundial da Humanidade.

Foram poucos, muito poucos mesmo, aqueles que tiveram o privilégio de gozar os encantos da noite em Alcobaça, de mapa na mão e frontal na testa. Ruas e ruinhas, pequenos recantos ajardinados, casas apalaçadas, a imponência do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça e o cantar quase permanente do Rio Alcoa foram ingredientes para um pedacinho de Orientação verdadeiramente precioso. Um dia já de si longo e cansativo, o tempo instável e, sobretudo, a distância ao epicentro do XI MOC, em Pataias, terão sido os motivos que desmobilizaram uma boa parte dos participantes, Ainda assim, contaram-se em 322 aqueles que não quiseram dispensar este verdadeiro complemento da festa.

.




Para a história ficam os vencedores. No percurso 1, triunfou o Marcelo (Ori-Estarreja), enquanto o Paulo (CPA – Abrunhos) venceu o percurso 2. Michal Olejnik (Polish Júnior Team) levou a melhor no percurso 3. Finalmente, no percurso 4, aquele que reunia os nomes mais sonantes em prova, o grande vencedor foi o romeno do Grupo Desportivo 4 Caminhos, Ionut Zinca (na foto), com 19.24, seguido de muito perto pelo seu colega de equipa, o polaco Wojciech Kowalski, a penas 5 segundos. Davide Machado (.COM) foi o melhor português, concluindo na terceira posição com o tempo de 21.21. Hanna Wisniewska (Polish Júnior Team) foi a primeira atleta feminina a concluir este percurso, classificando-se na 10ª posição com 23.00.

Consulte os resultados em
http://www.coc.pt/eventos/28fev2009/results/results_sprint_splits.htm.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: