quinta-feira, 19 de março de 2009

PELO BURACO DA FECHADURA...

.
Apesar das previsões meteorológicas para o fim-de-semana darem conta de alguma instabilidade, a verdade é que a Orientação não pára e os três eventos agendados prometem aliciantes desafios e privilegiados momentos de convívio. Vamos espreitá-los pelo buraco da fechadura.

Uma prova de Distância Longa e uma prova de Distância Média esperam as cerca de duas centenas de participantes no XIII Meeting “Évora Património Mundial”. A Organização está uma vez mais a cargo da ADFA e conta com os apoios da Câmara Municipal de Évora, Junta de Freguesia de S. Bento do Mato (Azaruja) e Federação Portuguesa de Orientação. O evento, pontuável para a Taça FPO Sul 2008 / 2009 e para a Taça de Portugal de Clubes, tem Jacinto Eleutério como Director da Prova e Traçador de Percursos, sendo Tiago Aires o responsável pela Cartografia.

Os participantes serão distribuídos por 15 escalões de competição, 4 de Formação e 4 abertos, evoluindo no Mapa da Azaruja, à escala 1:15 000 e 1:10 000, conforme regulamento FPO (revisão em 2007). As especificações técnicas dão conta de que se trata dum terreno de montado de sobreiro e azinheira, ondulado, com algumas áreas abertas. Com 46 inscritos, o GafanhOri é de longe o clube mais fortemente representado. Curiosidade ainda para o facto de, nos escalões Abertos, estarem inscritos 28 alunos da Universidade de Évora e 9 da Academia da Força Aérea. Em termos individuais, após a prova menos conseguida do passado fim-de-semana, Marco Póvoa volta a marcar presença num evento de Orientação e assume-se como o grande favorito. Ao seu lado terá a oposição de Paulo Franco (COC), em crescendo de forma, e de Manuel Horta (GafanhOri), um valor seguro da nossa Orientação, a despeito da sua juventude. Para seguir com atenção.
.

Orientação na Ilha Dourada

A Taça FPO Madeira 2008 / 2009 vence os 42,5 km que separam a Madeira do Porto Santo, fazendo disputar a sua terceira etapa na ilha dourada. Trata-se do II Troféu de Orientação Porto Santo Line, prova da responsabilidade do Clube de Montanha do Funchal e que tem em Nuno Gonçalves e Sidónio Freitas, respectivamente, o Director da Prova e o Traçador de Percursos.

Para os mais de cem participantes já inscritos, distribuídos por doze escalões de competição e dois abertos, a Organização tem preparada uma jornada dupla recheada de motivos de interesse. O programa é constituído por duas provas de Distância Média, num mapa localizado entre os Morenos e o Campo de Golfe de Porto Santo, à escala de 1:7 500 e equidistância de 5 metros (edição de Março de 2007). E fica ainda a informação que, no sábado à noite, haverá um jantar convívio relativo às comemorações do Dia Nacional da Orientação.
.

Orientação para além do Marão

Por último, o clube Orimarão assinala a entrada da nova estação com um “Encontro de Primavera de Orientação Pedestre”. No próximo domingo, 22 de Março, Vila Real e o Parque Natural do Alvão serão palcos duma jornada dupla que promete muita e boa Orientação. Este é um evento local que tem por principal objectivo apresentar a modalidade a todos os que gostam da prática de actividade física mas também aos que simplesmente gostam de ser desafiados. Aqui se põe à prova a capacidade motora e intelectual, podendo os mais viciados testar o lema “…velocidade máxima com zero erros…”.

No período da manhã, a concentração está agendada para Vila Real, junto à Igreja de Nossa Senhora da Conceição. Um percurso de Distância Curta constituirá, certamente, a oportunidade ideal para quem quer espreitar a modalidade. Da parte da tarde, as atenções voltam-se para aquele que é o ambiente privilegiado da Orientação, a floresta. Rumando ao Parque Natural do Alvão, os participantes poderão usufruir da bela zona da Barragem de Lamas de Olo, onde se desenrolará uma prova de Distância Longa.

Consulte informação pormenorizada clicando nas imagens acima de cada um dos eventos.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: