terça-feira, 3 de março de 2009

OS VERDES ANOS: JOANA FERNANDES


Olá

Chamo-me Joana Martins Fernandes, vivo em Braga, tenho 12 anos e frequento o 7º ano na Escola EB 2,3 de Lamaçães.

Gosto muito de desporto e desde os 4 anos que pratico com alguma regularidade diversas modalidades. Primeiro foi a Ginástica, depois a Natação e nos dois últimos anos tenho acumulado a Educação Física na Escola e a Natação, com a Orientação.

As minhas maiores alegrias no desporto, até agora, foram ser qualificada e representar várias vezes a minha Escola, nas competições interescolares do distrito de Braga. Nunca pratiquei nenhuma modalidade de uma forma muito intensa, porque o meu horário escolar não o permite, pois tenho aulas todos os dias até às 18h30 e três manhãs também ocupadas.

Comecei a praticar Orientação há dois anos, mas desde bebé que oiço o meu pai falar desse tema com entusiasmo e desde bebé que vou com ele e a minha mãe às provas que se realizam por todo o lado. Foi devido à Orientação que já estive na Terra do Pai Natal, na Lapónia, uma viagem inesquecível. O que gosto mais na Orientação são os locais onde se realizam as provas e as amizades que se fazem. Costumo dizer que sou uma privilegiada por a minha família gostar da Orientação e, por esse motivo, poder visitar locais tão bonitos.

Por enquanto não tenho grandes expectativas nem objectivos porque não tenho tempo para treinar bem. Os únicos treinos que faço são praticamente as provas. Mas espero no futuro ter condições para me dedicar mais a sério e para isso conto com o conhecimento e a experiência do meu pai, que até agora nunca me pressionou nem exigiu nada.

A minha prioridade agora são os estudos, mas tentarei sempre conciliar com outras actividades. Dizem que sou organizada e por isso penso que não será muito difícil. O meu maior sonho era um dia ser astronauta, pois fico fascinada com o Universo, mas como sei que é muito difícil realizar esse sonho, há outras coisas que eu gostaria de fazer no futuro, como por exemplo, investigadora criminal, bióloga ou jornalista.

Como pessoa, a minha melhor qualidade é a solidariedade. Na minha turma sou uma espécie de socorrista para quem todos se voltam quando têm falta de material ou outras coisas.

Não queria terminar sem agradecer ao Joaquim Margarido a oportunidade que me deu de me dar a conhecer um pouco melhor a todos os que visitam a sua página.

Obrigada

Joana Fernandes

.

Sem comentários: