segunda-feira, 16 de março de 2009

6ª ETAPA DO III TROFÉU ORI-ALENTEJO: ORIENTAÇÃO AO MAIS ALTO NÍVEL


Teve lugar na manhã de ontem a 6ª etapa do III Ori-Alentejo e cumpriu-se o prometido: O mapa da Estrelada / Sabugueiro encerrou enormes desafios, proporcionou muita e boa Orientação e também algumas bem grandes surpresas.

Um total de 143 participantes. Foram estes os números da Prova de Orientação que o GafanhOri levou a cabo em S. Pedro da Gafanhoeira e Sabugueiro, duas (cada vez mais) conhecidas localidades do concelho de Arraiolos. “Um numero fraco”, de acordo com Tiago Aires, o Director da prova, “mas que tendo em conta o grande numero de provas e a altura da época até foi positivo.”

Num mapa 50% novo, acabou por ser uma surpresa um terreno muito técnico, não havendo ninguém que tenha feito provas perfeitas. Nem perto disso! Um terreno com partes com muito pouca visibilidade, muitas rochas e vegetação transformou-se para muitos uma prova terrivelmente difícil, um verdadeiro quebra-cabeças até para os mais consagrados. Que o digam os atletas internacionais Pedro Nogueira e Marco Povoa, ambos da ADFA, que fizeram uma prova fantástica nos primeiros dois pontos de espectadores mas foram obrigados a desistir depois de se terem perdido completamente na última parte. Mesmo Miguel Silva (CPOC), que venceu o escalão com um tempo de 48.08 (5,9 km, 25 pontos de controlo e 195 metros de desnível acumulado), perdeu muito tempo em vários pontos nesta parte final. De referir que os percursos estavam planeados de forma a que a primeira parte fosse muito rápida, assim aumentar ainda mais a probabilidade de os atletas terem dificuldades de navegação na segunda parte do terreno.

Ana Coradinho e Lena Coradinho, insuperáveis

Muito bem estiveram as ‘manas’ Ana e Lena Coradinho (GafanhOri) que, com o mesmo percurso do Difícil Masculino, mostraram uma boa adaptação ao terreno, correspondendo com excelentes desempenhos. Aliás, se alguém esteve perto de uma prova boa, foram certamente elas (a título de curiosidade, refira-se que, ombreando com muitos e bons atletas de Elite Masculina, Ana Coradinho e Lena Coradinho alcançariam respectivamente o 4º e 5º postos, caso tivessem corrido nesse escalão). Ana Coradinho foi a vencedora, com 1.00.39 para os mesmos 5,9 km de prova. Nos restantes escalões, Virgolino Coelho (COAC) e Rita Rodrigues (GafanhOri) venceram em Médio, enquanto em Fácil os triunfos foram para os “crónicos” João Cascalho e Ana Salgado, ambos do GafanhOri. Olavo Lopes (COAC) foi o melhor no escalão de Iniciação.

O III Troféu OriAlentejo faz agora uma pausa, regressando no Dia da Liberdade, em Sines.

Consulte os Resultados Completos em
http://www.gafanhori.pt/15mar/resultados.html.

[mapa gentilmente cedido por Tiago Aires]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: