sábado, 14 de fevereiro de 2009

XI MEETING ORIENTAÇÃO DO CENTRO ESTÁ A CHEGAR


Estão aí à porta as duas maiores competições de Orientação Pedestre da temporada. E se do Portugal O’Meeting já aqui falámos na semana passada, hoje deitamos o olhar sobre o XI Meeting de Orientação do Centro. Presidente do COC - Clube de Orientação do Centro, Carlos Monteiro é o nosso interlocutor nesta revisitação duma floresta bem conhecida, nas Pataias, que será palco do evento no último dia de Fevereiro e primeiro de Março.


Orientovar - O XI MOC'09 constitui a maior aposta organizativa do COC na presente temporada. Que significado tem este evento para o clube?

Carlos Monteiro - Tem vários significados para o Clube, começando pelo privilégio de poder organizar um evento para tantos participantes e poder receber tantos e tão bons atletas. Depois, vencer o desafio de proporcionar um excelente fim-de-semana de Orientação. Mas também a possibilidade de retribuir às entidades que nos apoiam com a presença de tantos orientistas e o incremento na economia regional que um evento deste tipo representa e a possibilidade de conseguir proveitos financeiros para reinvestir na modalidade de acordo com estratégia definida pela Direcção do COC. Finalmente, promover, divulgar e dar a máxima notoriedade ao COC no mundo da Orientação.

Orientovar- Como estão a decorrer os trabalhos de preparação e qual o ponto da situação agora que estamos a poucos dias do evento?

Carlos Monteiro - Podemos dizer que dentro do planeamento normal dos trabalhos, aqui e ali com um ou outro desvio temporal e alguns pequenos obstáculos que vamos torneando. Com as questões técnicas totalmente fechadas e as inscrições a chegarem e a serem processadas, a maior incidência de esforço está agora nas questões logísticas do evento.

Orientovar – Quais os meios materiais e humanos envolvidos e com que tipos de apoio contam?

Carlos Monteiro - Teremos envolvidos cerca de 60 pessoas no fim-de-semana do XI MOC. Nos meses anteriores estiveram cerca 8 pessoas a delinear, preparar e montar toda a máquina organizativa. Os meios materiais são os normais para um evento desta natureza, em que queremos uma Arena completa e apelativa à permanência dos atletas antes e após a prova, propiciando um ambiente de festa típico da Orientação. Ao nível técnico, para além das estações-rádio que fornecerão informação útil ao trabalho do speaker que pretendemos anime o evento, vamos tentar ter imagens em directo de alguns pontos de controlo, projectadas em 2 pequenos ecrãs que vamos colocar na Arena. Este projecto será um teste que esperemos que resulte. É importante destacar os apoios da Câmara Municipal de Alcobaça, Junta de Freguesia de Pataias, Bombeiros Voluntários de Pataias, GNR de Pataias, Regimento de Artilharia 4, Direcção-Geral de Recursos Florestais, Lands House Bungalows e Rádio 94 FM. Estamos a fazer um esforço adicional, no sentido de conseguir o indispensável e muito importante apoio do São Pedro, para que tenhamos um fim-de-semana sem chuva e, se possível, com sol e temperatura amena para a prática da modalidade.
.

Orientovar – Com a presença de muitos atletas estrangeiros em Portugal nesta altura do ano e com cerca de 300 já inscritos duma vintena de países, que expectativas estão criadas?

Carlos Monteiro - Esperamos uma competição muito disputada, com vencedores em aberto nos vários escalões, onde esperamos andamentos muito rápidos e excelentes desempenhos técnicos.

Orientovar – Que surpresas estão reservadas aos participantes deste XI MOC'09?

Carlos Monteiro - Conforme já referi, queremos oferecer um excelente fim-de-semana social e desportivo a todos os participantes. Estamos a preparar uma Arena o mais completa possível, para que esse espaço seja convidativo à presença e permanência dos atletas. Vamos ter na Arena, no dia 28, o lançamento de um livro sobre uma aventura juvenil que tem por base um Mundial de Orientação em Portugal, onde a escritora e a editora vão estar presentes. Esperamos que o projecto de transmissão de imagens resulte e ajude a animar a Arena. Vamos levar a modalidade a Alcobaça, com a disputa de uma prova de Sprint Nocturno Urbano, extra classificação, com o aliciante de servirmos, como reforço alimentar, porco no espeto aos participantes.

Orientovar – Qual o seu maior desejo?

Carlos Monteiro - Que no final do evento, participantes e apoiantes fiquem satisfeitos com a sua participação e envolvência no XI MOC. Que todos aqueles que se venham a envolver na equipa organizativa saiam do evento com o sentido do dever cumprido e orgulhosos pelo trabalho que cada um por si, na sua tarefa, tenha desenvolvido.

Confira toda a informação sobre o XI Meeting de Orientação do Centro AQUI.

[Fotos gentilmente cedidas por Carlos Monteiro]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: