quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

POM'2009: O PORTUGAL O'MEETING EM ANTEVISÃO


Está aí a 14ª edição do Portugal O’Meeting. O concelho de Mora recebe, ao longo de quatro dias, a maior competição regular de Orientação Pedestre disputada no nosso País. A quarenta e oito horas do início da grande festa da orientação, o Orientovar espreita pelo buraco da fechadura e deixa-lhe algumas dicas interessantes.

Desde que a Orientação se implantou em Portugal, que os vários agentes responsáveis lutaram por terem eventos com qualidade e visibilidade. Uma das formas preconizadas para cativar os atletas mundiais e promover a modalidade além fronteiras seria a criação de um evento que pudesse estar inscrito no calendário oficial da IOF (Internacional Orienteering Federation) e que fosse agendado para uma altura em que esses atletas, na sua esmagadora maioria oriundos dos países nórdicos, pudessem aproveitar as benesses do suave clima para efectuarem treinos em Portugal. Foi com este intuito que em 1996, o clube AA Mafra (Amigos de Atletismo de Mafra) organizou o primeiro Portugal 'O' Meeting, na Tapada Militar de Mafra.

Desde então, muita coisa se alterou. O ano de 2000 marcou uma viragem neste evento quando, pela primeira vez, se desenrolou ao longo de 4 dias no período do Carnaval. O figurino “pegou de estaca” e o evento chega este ano ao Norte Alentejano, mais concretamente a Mora, pelas mãos do CPOC - Clube Português de Orientação e Corrida e com o apoio da Câmara Municipal de Mora e da Federação Portuguesa de Orientação.

O Programa

Prometidos que estão terrenos, mapas e percursos de enorme qualidade, preparados para satisfazer todo e qualquer padrão de exigência internacional, vale a pena atentar no vasto e riquíssimo programa. No primeiro dia de competição, sábado, terá lugar na Floresta Nacional do Cabeção a prova de Distância Média. O mapa, à escala de 1:10 000 (equidistância de 5 metros) é da responsabilidade de Luís Sérgio e percursos de Rui Botão. A prova desenrola-se em terrenos com relevo médio numa área de pinhal nacional sem elementos rochosos e terá o seu início a partir do meio-dia. Com o cair da noite, pelas 19:00, dar-se-á início na Vila do Cabeção à prova de Orientação Nocturna. Desenhado por Luís Santos, com percursos traçados por José Perleques, o mapa está à escala de 1:5 000 sobre área urbana no interior desta vila do concelho de Mora.

Domingo não é “gordo” apenas por ser de Carnaval, mas também porque se assistirá à disputa da ‘prova-rainha’ do programa, a Distância Longa WRE (evento a contar para o ‘ranking’ mundial). Serão mais de 1500 atletas (163 dos quais na elite masculina e 94 na elite feminina) a desfrutar do fabuloso mapa da Torre das Águias, na freguesia de Brotas. A cartografia é da responsabilidade de Alexandre Soares dos Reis e Valdemar Sendim e o planeamento de percursos tem a assinatura de Luís Santos. O mapa, à escala regulamentar neste tipo de provas de 1:15 000 (equidistância de 5 metros), estende-se por terrenos de montado alentejano com azinheiras e sobreiros, muitos pormenores de relevo mas com poucos elementos rochosos. As primeiras partidas estão agendadas para as 9h00.

As atenções na segunda metade do POM’2009 centram-se quase exclusivamente na freguesia de Pavia. O mapa de S. Miguel / Remendo recebe, a partir das 9h00, a prova de Distância Média de segunda-feira, em zona de montado alentejano, com pormenores de relevo e de vegetação, alguns elementos rochosos e corrida fácil. À escala de 1:10 000 (equidistância de 2,5 m), o mapa foi cartografado por Raquel Costa e Tiago Aires, com Tiago Aires a assinar igualmente o planeamento de percursos. O último dia levará os atletas ao mapa de Caeira / Casas Velhas / Remendo, para uma prova de Distância Intermédia. Contíguo ao da véspera e com detalhes de relevo, rochosos e de vegetação similares, o mapa – à escala de 1:10 000 (equidistância de 2,5 m) - volta a ser da autoria de Raquel Costa e Tiago Aires, com revisão de Luís Santos sobre parte já existente e percursos de Tiago Aires. Entretanto, na tarde de segunda-feira, a partir das 15h00, o Campo de Jogos da Vila do Cabeção recebe um divertimento incontornável. Trata-se duma prova de Orienteering Show, em mapa à escala de 1:500, com assinatura de Luís Santos e Nélson Graça e percursos, actualizados em cada eliminatória, da responsabilidade de Luís Santos.

Mas o POM’2009 não se esgota na vertente competitiva e, “para aquecer os motores”, os participantes terão ao seu dispor já amanhã, entre as 9h30 e as 16h00, um Evento de Treino (Model Event) no mapa das Azenhas da Seda, junto ao magnífico espelho de água da Barragem da Gonçala. Os 33 pontos de controlo disponíveis em três percursos distintos (Curto, Médio e Longo) constituem uma proposta irrecusável para aqueles que tenham a possibilidade de rumar a Mora com a devida antecedência e pretendam familiarizar-se com o terreno. Ao final da tarde de domingo terá lugar a entrega de prémios WRE seguida de Jantar Regional com animação cultural e para a tarde de segunda-feira, o Campo de Jogos da Vila de Cabeção será palco da entrega de prémios da prova de Orientação Nocturna Urbana e da prova de Orienteering Show. E porque tudo tem um fim, o POM’2009 encerrará na terça-feira, pelas 13h30, com a Cerimónia de Entrega de Prémios.

Os Artistas

Verdadeira parada de estrelas, o Portugal O’Meeting 2009 traz a Portugal a fina-flor da Orientação mundial. Portugal é, naturalmente, o país mais representado, com 732 atletas, sendo os restantes 774 estrangeiros. Suiça (142 atletas), Finlândia (118) e Noruega (117) desembarcam em força em Mora, tal como a Suécia (84), a Dinamarca (63) ou a França (63). A Espanha far-se-á representar por 37 atletas, a Inglaterra com 20, a Alemanha com 19, a Itália com 18, a República Checa com 17 e a Irlanda com 11. Os restantes atletas distribuem-se pela Hungria (9), Lituânia (8), Polónia (8), Bélgica (7), Letónia (7), Áustria (6), Estónia (4), Eslováquia (4), Estados Unidos (4), Nova Zelândia (3), Escócia (2), Rússia (2) e Canadá (1).

No sector masculino, o suíço Daniel Hubmann atrai todas as atenções. Campeão do Mundo de Distância Longa e Vice-Campeão do Mundo de Sprint em 2008 (Olomouc, República Checa), Vencedor da Taça do Mundo 2008 e actual líder do ‘ranking’ mundial, Daniel Hubmann recolhe a maior dose de protagonismo. Ao seu lado, irão estar nomes incontornáveis da Orientação mundial, a começar pelo seu compatriota, Mathias Merz, nº 5 do ‘ranking’ mundial, 3º classificado da Taça do Mundo 2008 e Campeão do Mundo de Distância Longa em 2007 (Kiev, Ucrânia). Da extensa lista, destaque ainda para o suíço Baptiste Rollier (nº 12 do Mundo), o checo Michal Smola (nº 13) e os suíços Marc Lauenstein e Matthias Müller, respectivamente 20º e 21º do ‘ranking’ mundial. Uma especial chamada de atenção para alguns nomes que despontam agora e que aparecerão em Mora plenos de ambição e com vontade de mostrar todo o seu valor. Estão neste caso o checo Stepan Kodeda, Campeão Mundial Júnior de Sprint 2008 (Göteborg, Suécia), o polaco Jacek Morawski, Campeão Mundial Júnior de Distância Média 2008, o dinamarquês Soren Bobach, Campeão Mundial Júnior de Distância Média 2006 (Druskininkai, Lituânia) ou o norueguês Kine Hallan Steiwer, Campeão Mundial Júnior de Estafeta 2007 (Dubbo, Austrália).

No que às senhoras diz respeito, as atenções vão por inteiro para Simone Niggli, cujo currículo faz dela a melhor orientista de todos os tempos. 14 títulos mundiais, 5 títulos europeus, 5 vitórias na Taça do Mundo (35 vitórias em etapas) e inúmeras vitórias em provas um pouco por todo o Mundo fazem da atleta suíça uma referência incontornável e o nome maior deste POM’2009. Mas há mais nomes de eleição entre a lista de quase uma centena de concorrentes de elite feminina. Desde logo a dinamarquesa Signe Soes, número 9 do ‘ranking’ mundial ou a checa Dana Brozková, nº 11 do Mundo e Campeã Mundial em título de Distância Longa. Da República Checa vêm também Radka Brozková (nº 14) e Eva Jureniková (nº 19), enquanto a Suiça traz Lea Müller (nº 15) e Vroni Koenig-Salmi (nº 17). Também aqui cumpre destacar algumas atletas jovens, verdadeiras promessas da Orientação mundial, a começar pela dinamarquesa Emma Klingenberg, que com apenas 16 anos se sagrou Campeã Mundial Júnior de Sprint 2008 (Göteborg, Suécia) e estará entre nós a competir no escalão Damas 20. Da Dinamarca virão igualmente as jovens Maja Alm, Ida Bobach e Signe Klinting, Vice-Campeãs do Mundo Juniores de Estafetas 2008, enquanto da Republica Checa, Sarka Svobodna é igualmente um nome a ter em conta.

Os conselhos

Apesar de insistentes, há algumas dicas que nunca são demais referir, aqui trazidas por Luís Santos, o Director-Técnico do evento. Assim, utilizem o Boletim Final que irá ser distribuido a todos os participantes e que contém as informações úteis sobre a prova; se puderem, cheguem cedo no sábado ou vão ao Secretariado logo na 6ª feira porque no sábado entre as 11:00 e as 13:00 será inevitável uma enorme afluência de pessoas ao Secretariado; a Organização terá ao dispor dos participantes um autocarro da CM Mora com 44 lugares só com o objectivo de transportar participantes de Mora para as Arenas (e OriShow); evitem chegar em cima da hora no dia WRE porque a distância total do estacionamento de autocarros até à partida (com a Arena e a chegada pelo meio) é de cerca de 3 kms e terá que ser feita a pé devido ao estado enlameado do terreno.

A estrada entre Cabeção e as Azenhas da Seda está cortada devido às descargas da Barragem do Maranhão que fizeram com que uma ponte nesse acesso ficasse submersa. E deverá ficar assim pelo menos até 2ª feira. Por isso para acederem à zona do model event ou em qualquer outra ligação que tencionem fazer de Pavia para o Cabeção ou vice versa evitem o caminho Pavia->direcção Avis->Cabeção e optem pelo caminho Pavia ->direcção Mora->Cabeção. Recorde-se ainda que a Elite Masculina irá ter mais de 30 pontos no 2º dia e no 4º dia e a Elite Feminina no 4º dia. Os chips sem capacidade serão substituídos nas partidas sem custos adicionais para os atletas.

Mas há mais: Levem comida ou aproveitem o serviço de bar do POM porque não vai haver qualquer tipo de restauração próximo das Arenas nos dias 2, 3 e 4. Quando chegarem não se esqueçam de levantar o peitoral "POM 2009" porque sem ele ninguém será autorizado a partir (o peitoral FPO normal não serve). Usufruam da nocturna que irá ter inscrições abertas até às 16:00 de sábado e do OriShow (inscrições abertas para femininos até sábado à noite, para masculinos estão fechadas as inscrições). Sobretudo, evitem atrasos porque não haverá alteração de horas de partida. Liberdade nas horas de partida só para os OPT’s.

Tudo para seguir em
http://www.cpoc.pt/eventos.php?ev=pom2009_pt.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: