segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

1º TROFÉU ORI-BTT DE VILA NOVA DE POIARES: O BALANÇO DE VÍTOR RODRIGUES


O 1º Ori-BTT de Vila Nova de Poiares saldou-se pela positiva, evidenciando a qualidade e competência organizativa da dinâmica e laboriosa Secção de Orientação do Ginásio Clube Figueirense. Ao Orientovar, Vítor Rodrigues falou dos vários propósitos, abordou a prova e, a pensar já no POM’2010 traçou os objectivos da Secção.

Orientovar - Que propósitos trouxe a Secção de Orientação do Ginásio Clube Figueirense até Vila Nova de Poiares?

Vítor Rodrigues - A nossa estratégia passa pela Organização. Estamos a aprender com tudo o que fazemos e vemos que há sempre coisas a melhorar. Procuramos observar aquilo que os outros fazem bem e admitimos, com modéstia, que temos muito para aprender. Aqui, em Vila Nova de Poiares, viemos à procura de alternativas, de espaços novos e interessantes e que fossem apelativos para os atletas. Quisemos oferecer-lhes bons terrenos, provas competitivas, muita diversão e ir ao encontro da sua satisfação, que é claramente o que nos importa.

Orientovar – Que balanço faz deste 1º Ori-BTT de Vila Nova de Poiares?

Vítor Rodrigues - Toda a gente parece estar satisfeita. Um primeiro dia com o sol a marcar presença, tornando tudo muito mais agradável, num espaço magnífico e com um apoio excepcional do município de Vila Nova de Poiares. Hoje já com alguma chuva mas, apesar de tudo, um traçado do agrado de todos e penso que o saldo é francamente positivo e que a Organização está de parabéns.

Orientovar – E agora, o que se segue?

Vítor Rodrigues - Estrategicamente decidimos fazer aqui um intervalo e a nossa próxima organização está agendada só para Novembro. Temos outros projectos a curto prazo, vamos inaugurar a nossa nova sede já pela Páscoa, vamos inovar a nossa página na Internet, estamos a munir-nos de materiais para as provas de forma a tornarmo-nos autónomos, independentemente da solidariedade que sempre existe entre os clubes. E aqui quero distinguir claramente o Ori-Estarreja e o COC, dois clubes amigos, fundamentais no apoio que nos têm prestado, agora que estamos a dar os primeiros passos.

Orientovar - Mas há ainda o POM, em 2010…

Vitor Rodrigues – Claramente. E importa dizer que estamos já a trabalhar nesse que é o nosso grande projecto, no qual contamos com a preciosa colaboração do COC. Vamos apostar tudo, vamos fazer o melhor POM que alguma vez se realizou em Portugal – deixem-me ser sonhador! – e estamos certos que, se for por via do empenhamento, isso será uma realidade. Temos terrenos muito bons, vamos saber receber aqueles que nos visitarem como deve ser, mas agora vamos descansar, discutir e melhorar no balneário o muito que há para melhorar.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: