domingo, 18 de janeiro de 2009

5º TROFÉU ORI-BTT DE GRÂNDOLA: O "BIS" DOS RUSSOS


Victor Korchagin e Ksenia Chernykh, ambos da Rússia, foram os brilhantes vencedores do 5º Troféu Ori-BTT de Grândola. Susana Pontes mostrou-se ao seu melhor nível e alcançou um excelente terceiro lugar enquanto Daniel Marques constituiu a grande decepção, depois dum “mp” na etapa de sábado.

O concelho alentejano de Grândola foi palco, ao longo de dois dias, duma grande jornada de Orientação em BTT. Organizado pelo Clube da Natureza de Alvito, Federação Portuguesa de Orientação e Câmara Municipal de Grândola, o 5º Troféu Ori-BTT de Grândola atraiu 332 participantes, distribuídos por escalões de Formação, Competição e Abertos.

Pontuando para os “rankings” mundial e da Taça de Portugal, o evento contou com a presença dos nossos melhores especialistas a par de alguns estrangeiros de reconhecido valor. Grandes favoritos à partida, o russo Victor Korchagin, o austríaco Andreas Rief e o suíço Simon Seger impuseram a sua mais-valia e partiram para um despique a três que terminaria com a vitória do primeiro, depois do domínio na etapa de sábado e dum segundo lugar na etapa derradeira. Simon Seger terminou na segunda posição e Andreas Rief foi o terceiro classificado.

O “mais” de Susana e o “menos” de Daniel

Juan José Vasquez, atleta espanhol aqui a correr pelo DA Recardães, esteve muito bem em ambas as etapas e terminou na 4ª posição. As esperanças numa boa prestação de Daniel Marques (COC), o nosso melhor especialista, caíram por terra na etapa de ontem, graças a um desconcertante “mp”. O atleta não se deixou abater e, já hoje, arrancou um brilhante 4º lugar, deixando bem vincadas as suas reais capacidades. Joel Morgado (COC), na 7ª posição, acabou por ser o melhor atleta português no escalonamento final do Troféu.

No sector feminino, Ksenia Chernikh passeou toda a sua classe, vencendo com enorme à-vontade ambas as etapas. Outra russa, Nadiya Mikryukova, alcançou a segunda posição enquanto o terceiro lugar coube a Susana Pontes (CPOC / Loja das Bicicletas). A atleta portuguesa esteve muito bem nos dois dias, defendendo muito bem a sua posição e acabando por se impor à lituana Karolina Mickeviciuté, 8ª classificada do “ranking” mundial e uma das grandes favoritas à vitória final.

Sem (grandes) surpresas

Pedro Neves (COC) e Inês Costa (GDU Azóia) exerceram domínio total nos escalões de Formação, o mesmo sucedendo com Gonçalo Cruz (CPOC / Loja das Bicicletas) em H17, Ana Filipa Silva (CPOC / Loja das Bicicletas) em D20 e João Ferreira (DA Recardães) em H20.

49 atletas fizeram do H21A o escalão mais participado, assistindo-se a uma luta titânica pelo triunfo e que se traduziu em escassos 38,5 pontos a separar o vencedor do quinto classificado. Jorge Fernandes (.COM) venceu no sábado e Sérgio Semedo (CPOC / Loja das Bicicletas) foi segundo, ao passo que hoje a vitória coube a Pedro Rodrigo (GCF), secundado por Davide Machado (.COM). Porém, "quem riu no fim riu melhor", e esse foi Carlos Antunes (COC), 3º e 4º classificado nas etapas de sábado e domingo, respectivamente. Joana Moutela (Ori-Estarreja) venceu facilmente em D21A enquanto em H21B ovencedor foi Pedro Cruz (COC).

No que aos Veteranos diz respeito, Inácio Serralheiro (CN Alvito) fez subir o emblema do clube organizador ao lugar mais alto do pódio em H35. Rui Botão (CPOC / Loja das Bicicletas) venceu confortavelmente o escalão de H40, beneficiando dum “mp” de Pedro Serralheiro (COC) na etapa de domingo. José João Moura (Clube EDP) e Luís Sousa (Clube TAP) foram os vencedores dos escalões H45 e H50, respectivamente. Nas senhoras, Alice Silva (GDU Azóia) em D35 e Luísa Mateus (COC) em D45 confirmaram o seu favoritismo e venceram facilmente os respectivos escalões.

[consulte os resultados completos aqui e veja a excelente reportagem fotográfica de Gonçalo Cruz em http://picasaweb.google.pt/goncalo.cruz92]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: