domingo, 7 de dezembro de 2008

16º CAMPEONATO IBÉRICO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE (I)


A máscara de esforço de Mário Duarte é o símbolo vivo da garra e da coragem que permitiu à selecção portuguesa levar de vencida a sua congénere espanhola no 16º Campeonato Ibérico de Orientação Pedestre.

Fortemente marcadas pela intempérie e reduzidas a uma monocromia pardacenta, as três etapas levaram os atletas ao encontro dos mapas de Idanha-a-Nova e de Oledo, pondo à prova as capacidades físicas e técnicas dos intervenientes e proporcionando duelos ardorosos e intensos. De vencedores e vencidos aqui iremos dar conta ao longo dos próximos dias. Vamos detalhar as provas em separado, recordar o franco e salutar convívio na Incubadora, fazer eco das impressões dos intervenientes, em suma, reviver e prolongar no tempo uma competição que se afirmou pela positiva. Claramente!

Fique atento.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

1 comentário:

Jorge Dias disse...

Olá,

Efectivamente todo o grupo está de parabéns pela vitória alcançada e a foto espelha bem a garra que é necessário ter para se conseguirem resultados de relevo.

Abraço,
Jorge Dias