sábado, 20 de dezembro de 2008

10º ORIJOVEM: ELE AÍ ESTÁ!


Ele aí está! O 10º OriJovem arranca sob o signo da festa e da alegria. Centena e meia de jovens de todo o País prometem animar Ovar e as suas florestas, enriquecendo-se e fortalecendo a Orientação nacional.

A uma hora do início do 10º OriJovem, o espaço envolvente à EB 2,3 António Dias Simões começa a povoar-se de jovens de todas as idades. O estágio está prestes a começar e, com ele, a grande festa da Orientação neste Natal. Uma prenda no sapatinho de todos quantos farão de Ovar e das suas florestas o ponto de encontro para a prática do seu desporto favorito e para o convívio e partilha de conhecimentos e experiências a todos os títulos enriquecedoras.

A iniciativa gerou um inusitado interesse de Norte a Sul do País e rapidamente se esgotaram os 65 lugares colocados à disposição dos participantes. O enorme esforço e empenho da organização, a cargo da Federação Portuguesa de Orientação, e o apoio da Câmara Municipal de Ovar, Agrupamento de Escolas de Ovar e Clube Ori-Estarreja, permitiu ultrapassar obstáculos de ordem financeira e logística. Assim, é com elevadas expectativas que assistimos ao arranque do 10º OriJovem, o qual contabiliza a bonita soma de 155 inscritos, entre jovens atletas, técnicos, treinadores e monitores da Federação Portuguesa de Orientação.

Os melhores de Portugal


A lista é interminável e engloba os melhores orientistas nacionais nos escalões de Formação. Da bi-campeã latina Mariana Moreira à tri-campeã ibérica Isabel Sá ou do campeão ibérico Manuel Horta à campeã mundial Vera Alvarez, são muitos e grados os nomes que marcam presença no 10º OriJovem. O enquadramento técnico está garantido ao mais alto nível e nomes como Tiago Aires, António Aires (o novo Director Técnico Nacional), Ricardo Chumbinho (Coordenador Nacional de Orientação do Desporto Escolar) ou António Marcolino, garantem a mais-valia técnica necessária ao estágio. A estes juntam-se Raquel Costa, Tiago Romão, Maria Sá, Paula Nóbrega, Albino Magalhães, Tânia Covas Costa ou Ana Porta-Nova, referências inquestionáveis do actual panorama competitivo nacional.

Os mais prestigiados clubes portugueses fazem-se igualmente representar pelas suas jovens esperanças. Emblemas como o COC (Leiria), GD4 Caminhos (Senhora da Hora), .COM (Braga), CPOC (Oeiras), GafanhOri (Arraiolos), Ori-Estarreja, OriMarão (Vila Real), CAOS (Sintra), 20 km Almeirim, ADFA (Évora), GDU Azóia (Sesimbra), AA Mafra, GC Figueirense (Figueira da Foz), DA Recardães (Águeda) e CAAL (Lisboa) são presença certa no 10º OriJovem.

Desporto Escolar representa um ponto forte

Em Ovar estão igualmente as equipas- escola da EB 2,3/S Cunha Rivara (Arraiolos) e da ES Pinhal Novo, que representarão Portugal nos próximos Mundiais de Desporto de Escolar. A estas juntam-se os atletas em observação para integrarem as equipas-selecção nos referidos Mundiais, oriundos da ES Santa Maria (Sintra), ERD A Ribeirinha (Vila do Conde), EB 2,3 Sarrazola (Colares), ES Entroncamento, EB 2,3 Guilherme Stephens (Marinha Grande), ES Maximinos (Braga), ES Carlos Amarante (Braga), EB 2,3 S. Rosendo (Santo Tirso), Esc Sec Palmela e ES Estarreja.

Tudo se conjuga, pois, para uma edição memorável do OriJovem. Apesar das temperaturas baixas – e outra coisa não seria de esperar nesta altura do ano -, o sol promete ser presença constante ao longo dos próximos três dias, enchendo de cor e vida uma floresta enriquecida pela vida e cor desta centena e meia de jovens entusiastas. Que todos saiam enriquecidos da experiência são os nossos mais sinceros votos.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: