sábado, 22 de novembro de 2008

II ORI-BTT DA BAIRRADA JÁ ARRANCOU


Está em marcha o II Ori-BTT Rota da Bairrada. A prova de Distância Média marcou o arranque do certame, com Daniel Marques e Susana Pontes a confirmarem o favoritismo que lhes era atribuído à partida e a alcançarem saborosos triunfos.

Depois dos Nacionais de Abril passado, Aguada de Cima volta a receber um grande evento de Orientação em BTT. Organizado pelo DAR - Desportivo Atlético de Recardães, o II Ori-BTT Rota da Bairrada arrancou na tarde de hoje com a prova de Distância Média, utilizando maioritariamente a zona do mapa de Aguada de Cima ampliado a Sul.

Nesta segunda prova a contar para o “ranking” da Taça de Portugal 2008 / 2009, os orientistas depararam-se com uma organização esmerada, que tudo fez para surpreender pela positiva aqueles que aqui se deslocaram. Uma Arena paredes-meias com o pavilhão da LAAC – Liga de Amigos de Aguada de Cima, onde funcionam todas as estruturas de apoio, permitiu agilizar da melhor forma a articulação entre participantes e organização. As partidas funcionaram no interior duma fábrica de cerâmica, com um original pórtico de tijolos saudando os atletas e promovendo a indústria da região. Os percursos, acessíveis dos pontos de vista físico e técnico, atravessavam zonas de exploração de barros, proporcionando um espectáculo de enorme beleza. E a tarde não podia estar melhor, amena e convidativa, deixando-se espraiar até ao pôr-do-sol para então assistir ao salutar convívio entre todos, com uma boa mão cheia de castanhas e um copo de deliciosa jeropiga da região.

Vencedores esperados

A prova de hoje confirmou aquilo que se esperava, com Daniel Marques e Paulo Alípio, ambos do COC, a reincidirem no duelo pela vitória. Venceu o primeiro, com 59.03 e dois minutos e trinta e três segundos de vantagem sobre o seu colega de equipa. Apenas 7.20 mais tarde entraria o 3º classificado, Miguel Tolda (CLAC). E se é verdade que Paulo Alípio ainda terá uma palavra a dizer na prova de Distância Longa de amanhã, não é menos verdade que a luta pelo terceiro lugar irá ser mais renhida ainda, já que menos de quatro minutos separam o 3º lugar do… 12º! Nas senhoras Susana Pontes (CPOC / Loja das Bicicletas) voltou a não dar hipóteses à concorrência, triunfando em 1.20.20 contra 1.27.06 de Rita Guterres (CP Telecom), a segunda classificada.


Pedro Neves (COC) e Inês Costa (GDU Azóia) venceram nos escalões de Formação, enquanto João Mega Figueiredo (CN Alvito) impôs-se novamente em H17. Sem a concorrência de João Ferreira (DA Recardães) – hoje com funções de ‘speaker’ no seio da Organização -, Guilherme Marques (COC) triunfou facilmente em H20, enquanto Ana Filipa Silva (CPOC / Loja das Bicicletas) venceu em D20, provando uma vez mais o porquê de ser uma das maiores esperanças da Ori-BTT nacional. Em H21A, Davide Machado (.COM) provou que também sabe pedalar e venceu por larga margem a enorme concorrência (53 atletas) no seu escalão, cabendo a vitória em D21A a Inês de Almeida Durão (GDU Azóia). Quanto aos veteranos, duas vitórias para o COC por Luísa Mateus (D45) e Albano João (H50), uma para o Clube de Praças da Armada, por Nuno Liberal (H35), outra para o COA por Ana Gomes (D35),outra ainda para o Clube EDP por José João Moura (H45) e, finalmente, a título individual, para João Germano (H40).

Etapa marcada pelo acidente de Juan Jose Vasquez

Mas porque o imprevisto acontece, a etapa de hoje fica marcada pelo acidente sofrido pelo espanhol Juan Jose Vasques (Gallaecia Raid), número dois da Liga Espanhola 2008. Ao que tudo indica, uma desatenção do atleta levou-o a chocar com a parte traseira duma viatura, quando se dirigia a toda a velocidade para a chegada. Apesar de maltratado, o atleta viria a terminar a prova – onde alcançaria o 6º lugar, com 1.07.33 –, sendo em seguida transportado ao Hospital onde foi observado.

O II Ori-BTT Rota da Bairrada prossegue amanhã. A prova de Distância Longa volta a estender-se sobre a vertente sul do mapa de Aguada de Cima e, não sendo de esperar surpresas de vulto, o certo é que está tudo em aberto e muita coisa pode ainda acontecer. Duma coisa, porém, os orientistas podem ter a certeza: espera-os mais uma bela jornada de Orientação e… que ganhe o melhor!

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: