domingo, 9 de novembro de 2008

AUGUSTO ALMEIDA: GRANDE ENTREVISTA (APRESENTAÇÃO)


Na hora de abandonar a Presidência da Direcção da Federação Portuguesa de Orientação, Augusto Almeida concedeu ao Orientovar uma grande entrevista. Nela se procuram escalpelizar seis anos e dois mandatos incompletos de presidência do órgão máximo da FPO, se aborda o momento actual da modalidade e se fazem projecções quanto ao seu futuro. Tudo na primeira pessoa.

Augusto da Silva de Almeida, Coronel do Exército Português, é uma das principais referências da Orientação desde o início da sua prática em Portugal. Nasceu em Salreu (Estarreja) a 5 de Fevereiro de 1957 e tomou o primeiro contacto com a modalidade em 1978 na Escola Prática de Artilharia. Foi atleta da selecção da Região Militar do Norte (RMN) nos anos seguintes. No final da década de 80 foi o seleccionador e treinador da selecção militar da RMN. No início dos anos 90 treinou a equipa do Jornal de Notícias concorrente ao Challenger Trophy.

Sócio nº 1, fundador e Presidente do ORI/Estarreja – Clube de Orientação de Estarreja, idealizou, implementou e concretizou o projecto do primeiro clube nacional exclusivamente dedicado à modalidade, incrementando a prática desportiva desde os jovens aos veteranos, até aos 128 atletas. O clube foi distinguido, em 1996, com o troféu "Clube Modelo" (é o único clube com tal distinção) pela excelente qualidade de toda a vida colectiva. Desportivamente o clube conquistou, na década de 90, a maioria dos títulos e troféus nas categorias de juvenis e juniores, em masculinos e femininos, sendo ainda hoje o clube com mais títulos.

Filiado na FPO com a licença nº 1029, está habilitado com os cursos de Supervisor, Traçador de Percursos, Treinador I e Cartógrafo II. Em 2002 assumiu as funções de Presidente da FPO, em condições particularmente difíceis para a Orientação, tendo delineado uma estratégia de afirmação e desenvolvimento que veio a demonstrar-se adequada e muito feliz.

(continua)

.

Sem comentários: