sábado, 11 de outubro de 2008

EYOC'08 SOLOTHURN: FALAM OS ATLETAS


No final dum dia desgastante e cansativo, enquanto a comitiva descansa e procura recuperar para o decisivo dia de amanhã e para a muito ansiada prova de Sprint, o Orientovar traz-lhe, uma vez mais, as declarações de atletas e treinador.

“Entrei mal no mapa e ‘pastei’ para o 1º ponto. A partir daí os erros foram pequenos e senti-me muito bem fisicamente. Acabei por apanhar duas equipas que infelizmente, após um pequeno erro mesmo no fim, acabaram por me fugir. Penso que o 16º lugar foi um bom resultado, tendo em conta que foi a primeira experiência no EYOC dos três atletas.”
Gonçalo Cruz


“Foi a primeira vez que parti em primeiro lugar num EYOC, e gostei. De início ia no grupo da frente, mas a cerca de meio da prova acabei por cometer um grande erro que me custou cerca de 3 a 4 minutos por ter ido a um ponto que não era meu. Consegui fazer uma boa prova a partir dai, só voltando a perder tempo já depois do ponto de espectadores. O resultado é mais ou menos, mas conseguimos, com o 13º lugar, igualar o melhor resultado português de sempre nas Estafetas.”
Mariana Moreira

“Fiz um bom treino, acabei por ir mais devagar e apenas fiz pequenos erros em dois pontos. Amanhã na prova de Sprint o objectivo é fazer uma prova sem erros, escolhendo as melhores opções.”
Manuel Horta
.

“Correu bem. Apenas falhei um ponto já após ter passado no ponto de espectadores no grupo das primeiras. Amanhã espero terminar a prova sem cometer erros. Foi muito boa a experiência de ir no grupo da frente, pois faz-nos acreditar que somos capazes de obter um bom resultado.”
Joana Costa

“Foi fixe, espectacular, a primeira experiência numa prova de Estafetas e logo num Campeonato da Europa. Senti-me bem durante a prova e com bastante vontade de andar lá na frente. De acordo com este resultado sinto-me motivado para outras competições deste nível, tal como para a prova de Sprint de amanhã onde espero alcançar um bom resultado.”
João Mega Figueiredo

“Hoje foi um dia menos bom, mas prefiro olhar para amanhã. Depois do meu resultado na Longa e sabendo que ainda podia ter feito melhor, estou confiante em relação à minha classificação no Sprint.”
David Sayanda
.

“Comecei mal, cansado até metade a prova. Só a partir do meio é que me comecei a sentir melhor. Perdi dois lugares mas não fiquei muito longe deles. Amanhã tenho expectativas altas, com o objectivo de ficar nos primeiros 25 lugares. Desejo a melhor sorte do mundo a todos meus companheiros de Selecção.”
Rafael Miguel

“Fiz uma Estafeta com um atleta Espanhola e outra Francesa e correu mal, mal e mal. Amanhã espero: bem, bem e bem. Estou a gostar do EYOC e espero poder participar mais vezes.”
Vera Alvarez

.
“Fiz um pequeno erro para 1º ponto, que me fez descolar do grupo da frente. A partir daí comecei a sentir a pressão de fazer um bom resultado para a equipa o que me fez cometer mais erros. Prefiro por agora esquecer isso e concentrar-me apenas no Sprint.”
André Pedralva

“Parti bem, com confiança e segurança, parti sozinha e no ponto 5 perdi muito tempo e fui apanhada. Nos pontos seguintes perdi mais algum tempo, mas na parte final já não perdi mais tempo, estando é muito desgastada. Amanhã esperamos honrar a nossa tradição no Sprint.”
Isabel Sá


“Hoje foi um dia incrível, já tinha demonstrado as minhas expectativas na equipa D16, mas se dúvidas havia para alguém, ficou completamente demonstrado que a Joana e a Mariana têm capacidade de lutar com qualquer atleta no mundo de sub16. A Mariana não fez a prova que gostaríamos, mas mesmo assim deixou ainda a equipa na luta. Joana Costa mostrou ser capaz do melhor, partiu com dois minutos de atraso para a primeira classificada e foi capaz de, no ponto de espectadores, passar no grupo da frente num momento incrível. Pena foi o pequeno erro que fez memo no final, que impossibilitou que a Isabel Sá partisse no grupo da frente, o que numa prova destas características é fundamental para ambicionar um lugar no top-6.”
Tiago Aires

[fotos gentilmente cedidas por Tiago Aires]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

.

Sem comentários: