quarta-feira, 8 de outubro de 2008

41º WMOC LITUÂNIA: RUSSOS GANHAM A PRIMEIRA BATALHA


Quando todos a julgavam ausente – pelo menos a fazer fé nas listas fornecidas pela Organização -, Tatiana Ryabkina (Rússia) apareceu em plena forma nas florestas de Alytus para levar de vencida a prova de Distância Média dos 41ºs Campeonatos Mundiais Militares de Orientação Pedestre, renovando um título que já lhe pertencia. Em contrapartida, Daniel Hubmann não compareceu ao duelo com Thierry Gueorgiou, disso se aproveitando o russo Valentin Novikov [na foto] para levar de vencida um título sempre saboroso.

Valentin Novikov (Rússia) alcançou esta manhã em Aukstadvaris, o título mundial militar de Distância Média, ao completar os 5,3 km de prova (15 pontos de controlo) em 26:47. Atrás de si classificaram-se o letão Martins Sirmais, com mais 38 segundos e o suíço Matthias Merz, com mais 49 segundos. Separados por dois segundos, os lugares imediatos foram alcançados por mais três atletas russos, com Alexey Bortnik, Leonid Novikov e Dmitry Tsvetkov a fazerem os tempos de 27:56, 27:57 e 27:58, respectivamente. Thierry Gueorgiou (França), anterior detentor do título mundial, não conseguiu melhor do que a sétima posição com um registo de 28:17.

No sector feminino, a russa Tatiana Ryabkina, campeã em título de Distância Média e Distância Longa, confirmou todo o seu favoritismo e venceu com um tempo de 27:39, para 4,1 km (13 pontos de controlo) de prova. Na segunda posição classificou-se a sua compatriota Natalia Korzhova, com 28:29 e, bem distante das duas primeiras classificadas, a lituana Indré Valaité fechou o pódio com o tempo de 31 minutos exactos. Ieva Sargautité (Lituânia) foi a 4ª classificada com 31:18 enquanto a austríaca Michaela Gigon, uma das maiores especialistas mundiais de Ori-BTT, alcançou a 5ª posição com 31:40.

Portugueses com resultados dentro do esperado

Quando ainda há um atleta em prova – Mohamed Alnagbi Bassam (Emiratos Árabes Unidos -, podemos adiantar que os atletas portugueses alcançaram resultados dentro das expectativas. Armando Sousa, com o tempo de 38:55, foi o 78º classificado, deixando Alexandre Reis três lugares abaixo de si, com 39:28. Na 117ª posição surge Pedro Duarte, com o tempo de 47:24, enquanto João Santos, com 48:18, foi o 124º classificado. Face à ausência de Marco Póvoa, Tiago Lopes fechou a nossa selecção no 147º posto com 59:02. Lídia Santana foi a nossa solitária representante no sector feminino, concluindo a sua prova na 43ª posição, entre 56 atletas, com o tempo de 1:00:31.

Mas porque também se fala português entre a missão brasileira presente na Lituânia, aqui ficam os resultados dos nossos camaradas e irmãos. No sector masculino: 67º Leandro Pasturiza, com 36:53; 72º Gilmar Steffler, com 38:00; 75º Alberto Ironir, com 38:29; 96º Augustinho Kumiechick, com 41:26; 120º Cláudio Tokarski, com 47:34; 121º Carlos Alberto Araújo, com 47:46; 168º Marcos Medeira de Jesus, com 1:30:17. Concluíram a prova 171 dos 172 atletas que alinharam à partida. Quanto ao sector feminino: 31º Valéria Mendonça, com 48:06; 37º Lislaine Link, com 53:09; 51º Ana Rachel Lemes, com 1:14:36; 53º Soraya Gonçalves Cabral, com 1:32:40.

Consulte os resultados completos em http://www.dbtopas.lt/takas/varzybos.php?varz=2008054 .

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: