quarta-feira, 9 de Julho de 2008

CRÓNICAS DO WMOC 2008 (XXIV)


ENTREVISTA: JÉRÔME ATTINGER
o
Jérôme Attinger é um dos participantes neste Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação Pedestre. Mas ele é, igualmente, o Vice-Presidente do Comité Organizador do Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação Pedestre que, de 31 de Julho a 07 de Agosto de 2010, terá lugar na belíssima região de Neuchâtel (Suiça). Principal responsável pela delegação suíça que se encontra no nosso País com o grande objectivo de promover o WMOC 2010, fomos ao seu encontro para tentar perceber o alcance desta importante presença. E colocámos, naturalmente, um par de questões às quais o nosso interlocutor respondeu com enorme disponibilidade e simpatia.

JOAQUIM MARGARIDO (J.M.) - Qual o grande objectivo da presença desta delegação suíça no WMOC 2008?

JÉRÔME ATTINGER (J.A.) - O nosso interesse reside, sobretudo, em perceber a complexidade duma organização deste género. Temos muita experiência em corridas com, digamos, 1000 a 1500 participantes, que se desenrolam ao longo dum dia, mas é verdade que uma competição com 4500 participantes é algo de completamente diferente. Aquilo que procuramos compreender é o espaço que necessitamos, o número de pessoas que precisaremos implicar, os procedimentos levados a cabo em cada local, os programas que são postos à disposição dos participantes, todos os detalhes que uma organização desta envergadura comporta.

J.M. – Que trabalho já está feito?

J.A. – Tenho passado os dias com a minha máquina fotográfica a registar tudo aquilo que considero importante, a redigir pequenos relatórios, a anotar pormenores que me parecem interessantes, coisas que acho que estão bem e que podem constituir valor acrescentado à nossa reflexão. E também algumas coisas que penso que poderemos fazer de forma diferente, provavelmente melhor, enfim… É interessante estar aqui a participar no evento mas é sobretudo importante recolher a mais vasta gama de informação possível.


J.M. – Sei que estão aqui não apenas a colher informação mas já a promover o WMOC 2010. Que resposta têm recebido da parte dos participantes?

J.A.
Tem sido fantástica. Temos connosco o Director do Turismo da Região de Neuchâtel que nos tem ajudado nesta promoção e sempre que há mapas afixados – mesmo não sendo de Orientação – vem gente de todo o lado ver o que se passa. As pessoas mostram-se realmente interessadas, muitas garantem-nos que irão estar na Suiça dentro de dois anos, há muitas que nos falam de já lá terem estado e procuram informação sobre a região, tentam situá-la no mapa em relação às cidades que conhecem, em relação a Lausanne, a Berna, a Zurique. E depois há aqueles que nos falam de ter corrido os “5 Dias da Suiça” em 1980 e tal, “lembro-me muito bem”, e tudo isso.

J.M. – Poderá adiantar-nos algo acerca da própria competição em 2010?

J.A.
No programa original tínhamos previsto a prova de Sprint – qualificatórias e finais - num único dia. Ora verificámos aqui que isto não iria ser possível e, à semelhança de Portugal, a prova será igualmente distribuída por dois dias sucessivos. A nossa ideia é, agora, fazer as séries de qualificação na bonita cidade de La-Chaux-de-Fonds e depois a final à beira-lago, em Neuchâtel. Esta terá lugar no dia 1 de Agosto, dia da Festa Nacional Suiça, com 50 mil pessoas a assitir, o fogo de artifício a partir das 22 horas, toda a cidade em festa. Pensamos que irá ser algo de verdadeiramente excepcional. Quanto às provas de Distância Longa, terão lugar em terrenos típicos da região do Jura. A primeira série de qualificação terá lugar em terrenos relativamente abertos, com muitos prados e uma magnífica vista que se estende pelo Jura e sobre a França. E depois a segunda série de qualificação e as finais já em terrenos de floresta, mais fechados, com muitos detalhes de relevo, um solo rochoso e que torna a progressão muito mais dura, mas terrenos que são reconhecidos pela sua enorme qualidade técnica.

J.M. – Quer deixar uma última mensagem?

J.A.
Bem-vindos à Suiça. Ficaremos muito contentes em acolher todos aqueles que nos quiserem honrar com a sua presença. Deixo entretanto o convite a que visitem a página oficial do evento [aqui] e ficamos desde já à vossa disposição para toda e qualquer questão que queiram colocar, através do contacto disponibilizado no “site”.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

o

Sem comentários: